quarta-feira, setembro 24, 2008

"Momento da Verdade": demasiado mau para ser verdade

O programa "Momento da Verdade" é demasiado mau para ser verdade. Chamam-lhe "reality show", mas não passa de um "sensacionalista show". Não se podia esperar outra coisa de um concurso apresentado por Teresa Guilherme, a quem, segundo consta, a carreira de actriz correu mal. O programa é muito simples: fazem-se perguntas sobre a vida sexual dos visados e pouco mais do que isso. O sexo choca. O sexo atrai telespectadores. O sexo concentra as atenções. Então quando se associa o sexo à coscuvilhice, temos todos os ingredientes para que o português "médio" fique pregado ao televisor durante horas.
Tenho poucas considerações a fazer, além das que já referi e que são poucas:
1- O programa é muito, muito pobrezinho. Sem conteúdo. O que é feito da verdadeira televisão em horário nobre? É isto que os portugueses merecem? Ninguém controla os conteúdos televisivos? Pelos vistos não. Toda a gente gosta destes programas de mexericos para gente com mais peso que QI a quem falta assunto durante a semana para ter com os colegas de trabalho e com os vizinhos. Agora falam da vida dos participantes no programa "Momento da Verdade".
2- Não consigo perceber porque raio o público (e a apresentadora) se desmancha a rir de cada vez que os concorrentes dizem que já trabalharam bêbados, roubaram clientes e roubaram lojas. Juro que não consigo achar graça alguma em saber que há gente que vai a um canal de televisão, em pleno horário nobre, humilhar-se e confessar condutas altamente censuráveis a troco de meia dúzia de tostões. Será que esse mesmo público (e a apresentadora) que se desmancha a rir de cada vez que os concorrentes dizem que roubaram pessoas e que traíriam o seu parceiro, achariam piada se fossem vítimas deste tipo de condutas?
3- Não consigo compreender como é que os concorrentes se atrevem a contestar o polígrafo quando o resultado não os favorece. Antes de concorrerem são-lhes apresentadas as regras do jogo. Eles aceitam-nas, bem como a eficácia e seriedade do polígrafo. Porque não se lembram os concorrentes de contestar este instrumento de cada vez que o valor acumulado aumenta?
Já vi o suficiente deste programa. Passo.

2 comentários:

Emma disse...

esse programa não é um mal só de Portugal.O formato (terrível de facto!) agrada e vende mas não é só por cá.

kaka disse...

Agora até me assustei... "TODA A VERDADE" é um programa de reportagens de grande interesse transmitido pela SicNotícias.

"Momento da verdade" é que é o lixo de que falas...

Por momentos, pensei que tivesses batido com a cabeça bem forte, por maldizeres o "TODA A VERDADE".....