sexta-feira, novembro 30, 2007

Teresa Salgueiro: mais voz que carácter

Depois de 20 anos nos Madredeus, Teresa Salgueiro saiu da banda alegando que não tem tempo. Há 20 anos cantava numa tasca do Bairro Alto. Hoje demonstra a sua gratidão para com aqueles que a descobriram dedicando o seu tempo a uma carreira a solo. Dividir cachets é injusto para quem tem tanto talento. Os outros que a ajudaram a chegar onde está hoje não merecem ganhar dinheiro com a sua voz. Os instrumentais eram maus. O companheirismo era mau. O apoio era mau. A gestão era má. Teresa achava-se merecedora de pelo menos 95% do cachet. A Teresa era boa e os outros aproveitaram-se dela. Pobre coitada. Os outros asfixiavam o seu talento.
Agora está a solo e tem aquilo com que sempre sonhou. Possivelmente os restantes membros do grupo estão a pensar, e com razão, que mais valia ter deixado a Teresinha a cantar na tasca onde foi encontrada há mais de 20 anos. Com sorte até eu já tinha passado por lá e deixado uma nota de 5 euros no soutien dela, algo que faria os seus olhos brilharem de alegria.
Não vou ser faccioso ao ponto de dizer que a Teresa Salgueiro não presta. A Teresa Salgueiro é uma artista, tem uma voz fantástica e é lindíssima. O seu álbum a solo com os Lusitânia Ensemble, "La Serena", está espectacular. No entanto, é pena que o carácter e a personalidade não acompanhem o nível da voz. Se fosse assim, mais do que uma artista, teríamos um exemplo!

13 comentários:

poeta irreverente disse...

Ainda por cima, agora canta brasileiro com sotaque...

Pinokio disse...

Era suposto o ke,ficar a cantar com os madredeus para o resto da vida só porque a descobriram ha 20 anos?? Porque acho que já ganharam o suficiente com ela. Também deverias ficar a trabalhar onde estejas só porque foram os primeiros a dar-te um emprego, mesmo que aches que mereces mais?

Miki disse...

essa menina precisa é de um correctivo :p

jb disse...

A notícia que li foi a de que Teresa Salgueiro tinha saído de acordo com todos, e portanto não houve desavenças com o grupo Madredeus. Teresa canta em grupos internacionais, em altos voos, não é suposto ficar a vida toda agarrada a um grupo, tudo na vida são fases...
Para além de não concordar com o que diz, fico ainda mais pasma quando vejo a forma brejeira com que fala da notinha no soutien de Teresa.
Pergunto-me, quem aqui precisa de um correctivo?!

DJ disse...

Cara JB,

vamos ser sinceros: o que é que a banda poderia fazer perante a vontade da Teresa Salgueiro em abandoná-los? Mais vale tudo acabar da melhor forma possível. As notícias que li dão conta que o grupo fica sem a sua principal figura, a vocalista, que é insubstituível. Não estamos a falar de uma banda rock, onde uns quantos piercings e o cabelo despenteado são o suficiente para se ser vocalista. Estamos a falar de uma banda ímpar como os Madredeus!

JB não queria que se chocasse com a minha opinião. Admiro a Teresa Salgueiro como artista que é, mas não suporto ver estas ondas de vedetismo. Aproveitando para responder também ao Pinokio, se a Teresa estivesse numa banda mediana, razoável, eu compreendia que ela tivesse potencial suficiente para uma carreia a solo e devesse abandonar o grupo. Não é o caso. Os Madredeus são um exemplo de sucesso raro e não tinha motivos nenhuns para abandonar o grupo. Segundo parece a saída não foi assim tão boa, dado que ao mesmo tempo que saiu do grupo terminou o seu casamento.
Sobre a forma "brejeira" com que falei do soutien da Teresa, não estava a falar da Teresa de hoje, mas sim da cantora de tasca, cabaret, que podia muito bem ser hoje se não tivesse tido o sucesso que teve. Espero que a JB um dia faça uma incursão pelos cabarets e pelas tascas e veja o ambiente. Não falo de casas de alterne, nem de strip clubs. Deixar uma nota no soutien de uma cantora pode ser algo erótico, sedutor e atraente. Não deve ser visto como se fosse uma casa de má fama.
Mas, apesar de tudo, permita-me repetir: gosto bastante da Teresa Salgueiro como artista.

Barrigas disse...

Deste caso apenas sei que a senhora continua a trabalhar com um elemento do grupo. Deve ser outro camelo que apos 20 anos resolveu cuspir no prato...

Luís Rocha disse...

"Não falo de casas de alterne, nem de strip clubs. Deixar uma nota no soutien de uma cantora pode ser algo erótico, sedutor e atraente. Não deve ser visto como se fosse uma casa de má fama."

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Carlos disse...

Rapaz, pois eu poria uns cincos euros dentro da calcinha dela logo. Oras, tamanha a astúcia dessa gaja. Que sacana, opa. Falando nisso, vocês já ouviram aquela piada do português que foi para o inferno e q fez uma aposta com o satanás para ver se conseguiria enfiar uma fruta no ânus? Pois, assim, ele iria para o céu. Não é que o gajo escolheu um abacaxi, opá. haeUIEAHiueAHiUEA. Valeu, portugas. É sempre bom dar uma frescada com o pessoal da terra dos meus antepassados. Um abraço por trás na Salgueiro ae. Mas que gaja atrevida, opá.

Vagal disse...

Cara, ou você sabe coisas de bastidores "que só você sabe" ou deve ser muito apaixonado por essa mulher, pois só isso explica tanto despeito.

TXI disse...

Factos:
Perderam os Madredeus enquanto banda de dimensão mundial;
Perdeu a Teresa porque não voltará a estar ao nível que estava com os Madredeus;
Perderam os restantes músicos porque não há possibilidade de continuar sem alguém com carisma da Teresa;
Perderam os técnicos, roadis,etc...
E acima de tudo, perdemos NÓS uma banda de um nível BRUTAL!

Em vez de perderem tempo a falar mal deste ou daquele, deviam escrever algo que os motivasse a voltar!

Seria muito bom para todos que eles se entendessem... Até para a economia do país!

Abraços e beijos!

Perfeito disse...

Que vergonha de vocês, deveriam estar orgulhosos de compartilhar com o mundo uma cantora e uma banda tão magnificas, de que vale apreciar a musica se falam de quem a canta com tamanho desrespeito? Quem são vocês para julgarem o que e melhor Teresa ou a Banda fazerem? são eles que decidem o que fazer, são a vida deles, e não e a toa que fizeram tanto sucesso, eles sabem decidir as melhores coisas pra cada um. Sou brasileiro e aprecio por demais as musicas portuguesas, mas me envergonha ver a maneira como tratam seus artistas, como se o fato de sermos o publico no desse direito de comandar a vida deles, e francamente que babaca falar que daria um dinheiro no soutian na calcinha é muito desrespeito, pra quem diz que admira é inaceitavel, tenho vergonha desses comentarios, não tem o meu respeito depois de tais palavras,vergonha desse blog

Vera Alves disse...

Fiquei com vergonha de ler esse blog e os comentários. Por acaso os Srs. conhecem a Teresa Salgueiro? Sabem qual foi o real motivo que a levou a sair do Madredeus? Por favor, tenham mais respeito por essa senhora que não merece absolutamente que falem dela dessa maneira.

Luís SÁ disse...

Porque os fãs da boa música, não se limitam a continuar apreciando as extraordinárias composições dos Madredeus interpretadas por Teresa, que desde muito tempo tem um lugar reservado entre os melhores da música mundial.
Claro que eu também apreciaria continuar vendo a soma destas duas preciosidades da música, mas nós que somos seus apreciadores não temos o direito de determinar o destino de nossos ídolos. Eles e ela são pessoas de carne osso. Simples assim.
E não esperemos que os Madredeus vão encontrar uma outra Teresa e tampouco que Teresa vai encontrar um outro grupo como os Madredeus. A soma dos dois foi única e não se repetirá.
E notem que sou brasileiro onde temos algumas cantoras, que assim como Teresa Salgueiro, devemos tratar como divas.