quarta-feira, outubro 17, 2007

"Levanta-te e vai procurar trabalho"

No dia em que milhares de portugueses se vão "levantar contra a pobreza", dados chegam a público dizendo que um em cada cinco portugueses vive em situação de pobreza. Devo dizer que se 70% dos que vivem nessa situação se preocupassem em sair dela, possivelmente só um em cada duzentos portugueses viveria em situação de pobreza.
Nesse sentido, gostaria que, em vez de lançarem a campanha "levanta-te contra a pobreza", lançassem em Portugal a campanha "Levanta-te e vai procurar trabalho". Boa parte dos problemas da pobreza nacional resolve-se dessa forma.

3 comentários:

Filipe de Arede Nunes disse...

Discordo e muito Alex!
Quem ganha o ordenado minimo nacional - pouco mais de € 400,00 - trabalha 8 horas por dia, e só pode ser muito pobre!

DJ disse...

Não me refiro a esses Filipe.
Refiro-me aos que vivem de subsídios de inserção social e de desemprego sem terem como expectativa arranjar emprego no futuro.
Quem ganha o salário mínimo nacional e consegue sobreviver, é um herói! Já para não falar nos reformados.

Pedro Sá disse...

Antes de mais eu diria que os números poderão eventualmente ser enganadores, porque não sei o conceito de pobreza que está em jogo. Se for o habitualmente utilizado pela ONU, trata-se de algo totalmente falaccioso que na prática considera como pobre alguém que vive razoavelmente na Irlanda e como não pobre alguém que vive numa República Centro-Africana ao nível dos romenos pior remunerados...