segunda-feira, março 12, 2007

O Código Sócrates

Há aqui alguma coisa que não bate certo entre estas duas imagens! A 1.ª era um dos vários outdoors que poluíam Portugal durante as Legislativas de 2005, e a 2.ª é a capa de um diário popular do dia de hoje e cuja notícia podem seguir aqui.
Ou eu sou muito estúpido e muito burro e não consigo perceber o que estas duas imagens têm em comum (além do número 150.000), ou concluo que os portugueses que votaram PS foram ignorantes e não conseguiram traduzir as palavras de Sócrates quando ele se referiu aos 150.000 postos de trabalho, ou então anda aqui um grande mentiroso no meio de nós, foram todos embarretados e já não há nada a fazer! Devo referir que a última hipótese é a que me parece mais adequada à realidade e que a certeza de Sócrates ser mentiroso é algo que já sei desde os tempos em que era Ministro do Ambiente.

3 comentários:

Ricardo Bernardes disse...

É claro que a campanha foi demasiado sensacionalista. Mas também temos de ser rigorosos e ler exactamente o que lá está escrito "objectivo". E objectivo não é garantia, certeza de qualquer coisa. É meta, alinhamento de esforços num certo sentido, fim de todas as tentativas.

É claro que a para a generalidade das pessoas esta diferença vocabular (prometemos criar x postos de trabalho x ojectivo: criação de x postos de trabalho) passou ao lado. E é claro tb que a ideia do PS era mesmo essa.

poeta irreverente disse...

Facto: a taxa de desemprego hoje é maior do que em 2005 (no tempo do horrível governo de Santana Lopes).

Facto: esse cartaz é um exemplo claro de demagogia.

Facto: este Governo mente todos os dias.

Facto: estou farto que me aumentem os impostos

Facto: estou farto de ver pessoas amigas no desemprego (ainda para mais licenciadas.

Facto: estou farto de ver alguns familiares com dificuldades nas suas empresas, das quais são gestores ou empresários, porque os impsotos estão a asfixiá-las e o investimento é 0.

Facto: sempre que vou meter €10 de gasóleo, €6,5 são para impostos.

Facto: fecharam a urgência de Loures (minha localidade, urgência esa que assitia um universo de 30.000 pessoas) e agora tenho que ir para o Hospital Santa Maria onde espero em média 3 horas para ser atendido.

Facto: este país está desgraçado e a culpa é desta classe política que anda por ai desde o 25 de Abril de 1974.

Pinokio disse...

Ora um grande facto é que muitos destes senhores que tanto criticam(o socrates não por acaso), sairam daquela faculdade.

Que o desemprego aumenta é verdade, mas também acho necessário que o número de funcionários na função publica é demasiado para este país.Quanto aos numeros do desemprego as contas que este Governo lança cá para fora é que são uma incógnita, acho que nem um verdadeiro Einstein as entende, pois estão sempre a baixar. Só gostava de saber o número de portugueses que emigrou desde que este Governo aqui está.