quarta-feira, outubro 25, 2006

Declaração

Foi com espanto que reagi a uma notícia dada por um grande amigo meu. Essa notícia consistia com o facto de alguém ter conotado a minha pessoa a um dos 3 intervenientes de um blogue bastante triste que por aí anda, com o nome Aborto e a direito. Segundo consta, esse mesmo meu grande amigo recebeu uma chamada do Stoffel, que lhe perguntou se ele sabia quem era a pessoa que escrevia nesse dito blogue. Mediante a resposta que lhe foi dada, teve como reacção que seria eu essa mesma pessoa, que desconfiavam, etc e que iriam mover queixa-crime contra desconhecidos, mas com a certeza que era eu. Fiquei chocado!
A todos os que possam eventualmente espalhar esse boato ou possam ouvi-lo por aí vindo de alguém, tenho a afirmar uma de várias coisas, que não são surpresa para ninguém: não me refugio em blogues onde as pessoas recorrem ao anonimato para passar a sua mensagem e/ou ofender terceiros; identifico-me sempre que tenho algo a dizer e toda a gente sabe que digo coisas positivas e negativas de qualquer tipo de pessoa; todos os dias desde as 8 da manhã, até às 20 da noite encontro-me fora de casa, não tendo tempo para me dedicar a blogues no local de trabalho (excepção se faça a este post, que teve mesmo que ser escrito dado a gravidade da situação); o meu tempo na FDL já terminou. Tenho vida própria, fora da FDL, raramente lá apareço, e tenho mais que fazer do que me dedicar a esse tipo de assuntos. Naturalmente dediquei um post ao assunto das listas, dado ter andado nas lides associativas 3 anos, e dei a minha opinião sobre o assunto como os meus demais amigos. Dediquei ainda um post à praxe, por ter total afinidade a esta tradição académica e porque entendi ser pertinente fazer uma crítica ao que estava bem e ao que estava mal. Tirando isso, não só não apoio quaisquer lista, como me desliguei por completo desse tipo de assuntos, porque a minha altura já passou. Essa luta académica deixou de ser minha, e passou para outras pessoas. Assim sendo, o destino que pretendo dar à minha contribuição no Bar Velho Online é dedicar-me exclusivamente a assuntos de cariz social e político, deixando definitivamente os assuntos académicos para quem os realmente vive.
Neste sentido, excluo qualquer responsabilidade de posts escritos em blogues alheios ao Bar Velho Online (onde sou co-autor) ou ao Ipsis Verbis (o meu blogue privado), dado só ter como único registo em quaisquer bloggers que sejam, o user DJ. Só tenho 2 blogues e 1 username. Logo, todos aqueles que me associam a todo e qualquer tipo de actos criminosos e de baixo nível, não passam de pessoas muito fracas e muito pobres que tentam denegrir a imagem de quem nunca cometeu qualquer tipo de infracção do género.
Apoio toda e qualquer iniciativa que qualquer um dos "desconfiados" inicie, no sentido de apurar os verdadeiros autores desse tipo de blogues e posts. Quando quero falar algo de alguém, recorro a um dos dois blogues que possuo, e digo o que tenho a dizer.
Por último, uma palavra a todos os inúteis, mentecaptos e idiotas que insistem em fazer campanha contra mim e contra todos aqueles que já deram o seu contributo, mais que positivo, à FDL. Não passam de ingratos, que recusam dar valor a quem muito fez por aquela que é, e sempre será, a minha casa.
Esta é a minha única declaração sobre este tipo de boatos que pessoas como Pardal e outros, andam a desenvolver sobre a minha pessoa e como o Stoffel tentou ontem colocar mais umas achas para a fogueira. A cobardia é tanta, que em vez de conversarem comigo sobre o tema em causa, preferem contactar terceiros e retirar as conclusões que bem entendem e fazerem questão de comentar as suas conclusões idiotas com outras pessoas. Isso, são actos cobardes, muito tristes e não sou eu que vos vou dizer qual seria a atitude mais correcta a ter neste tipo de situações.
Não faço ofensas a pessoas, não recorro ao anonimato ou a nomes ocultos, e não tenho nem tive nada a ver com outro tipo de blogues que não aqueles dois em que escrevo.
De referir que qualquer tentativa de difamação ou atentado ao meu bom nome, culminará com uma queixa-crime sobre os agentes praticantes de tal acto. Há boatos e boatos. E com certas coisas não se brinca de forma alguma.
Obrigado a todos pela atenção.
Sem mais, subscrevo-me e este assunto fica por aqui, no que toca a mim.


Alexandre Teixeira Guerreiro

2 comentários:

Ghostinhas disse...

Às vezes só me apetece mandar-te um par de estalos quando ouço certas coisas que dizes (sabes também que isso sou só eu a ser carinhosa :P ), no entanto, reconheço em absoluto, como sendo inteiramente verdade, tudo aquilo que escreveste neste post. Conta comigo para o que for necessário.

Elodie Ramos

lolixaa disse...

Eu sei o que tu fizeste alexandre!!