terça-feira, setembro 26, 2006

Amigos do caral...

Amigos ...
Hoje recebi uma carta em casa. Era da Sociedade de advogados Teixeira de Freitas, Rodrigues e Associados. Ao abrir a respectiva missiva, eis k que esta diz o seguinte:
"... Lamentavalmente e não obstante a excelente impressão causada, informamos V. Exa. que as vagas para estágio no nosso escritório já se encontram totalmente preenchidas..."
Nada de mais. Mais uma entre as 10 cartas que recebi nos últimos tempos. No entanto. olhando para o cabeçalho das cartas, sítio onde se encontram os nomes dos advogados pertencentes à sociedade, vislumbro dois nomes muito familiares. Que eram:
Delfim Vidal Santos
Alexandre Teixeira Guerreiro
Pois é, amigos o caraças! Estes gajos fazem parte da pandilha que não me aceitou! Quem é que me garante que eles não disseram em surdina aos seus chefes "Ah não, esse não serve..."?
Portanto meus (ex) amigos, só vos digo isto: cuidado comigo, pdoe ser que qualquer dia tenham uma ordem de despejo em cima!
Traidores!

6 comentários:

QuartoCrescente disse...

começo logo por pedir desculpa pelo que vou escrever não vá tambem qualquer dia ter uma ordem de despejo tambem mas sera que tu aqui não estas a dar uma de amigo do car... afinal partes logo de um presuposto de desconfiança:"Quem é que me garante que eles não disseram em surdina aos seus chefes "Ah não, esse não serve..."?" se são ou eram amigos essa questão nunca se devia ter levantado. Sabes concerteza que não foram eles. Alias se entraram agora achas que já têm voto na materia? Eu se fosse a eles é que secalhar ficava ofendido. Quando existe amizade ninguém precisa de garantir coisa nenhuma.Talvez eu tambem esteja a especular, afinal nao conheço essa vossa relaçao de amizade. Existem muitas relaçoes de amizade, mas naquela que eu considero verdadeira esta questão nunca teria vindo ao de cima. Pontos de vista. So te falta pores na fotografia: procuram-se por traição!É que o promenor da fotografia não deixa de ser interessante

DJ disse...

Oh Poeta, tu sabias que só haviam 3 poleiros, e um deles já estava preenchido. Assim, sobraram 3 galos (que éramos nós 3), para 2 poleiros. Tivemos que nos juntar eu e o Delfim para fazermos posição dominante, sob pena de sobrar para um de nós. Sorry... business is business. :P

didi disse...

São mesmo uns amigos do crlh...!

QuartoCrescente disse...

dj, poderia estar à espera de um outro tipo de comentario da tua parte menos este. Vou tentar imaginar que existe muita ironia aqui por tras, porque aí ate tenho vontade de apagar o primeiro comentario que fiz.Business is business, amizade é amizade, integridade é integridade, coerencia é coerencia, hipocrisia é hipocrisia etc etc...a tradiçao realmente ja nao é o que era e o lema dos tres mosqueteiros já não tem lugar hoje em dia. Pontos de vista

DJ disse...

quartocrescente, o post e os comentários são todos eles na brincadeira. Todos nós somos amigos e temos este tipo de conversa frequentemente, mas na brincadeira. Ninguém usou estratégias dominantes, ou algo semelhante. Tudo não passa de uma brincadeira entre os 3, dado que concorremos os 3 para o mesmo sítio. E nem é dor de cotovelo do poetairreverente. É mesmo tudo na brincadeira.

QuartoCrescente disse...

dj, nao precisas de justificar. so dei a minha opiniao perante aquilo que li. Tenho um pouco de dificuldade em detectar a ironia e sou um pouco naquela de que a brincar a brincar vao se dizendo umas verdades. Mas isso tambem já e problema meu.Umas das coisas que valorizo é a amizade e já vi estragarem-se amizades por bem menos. às vezes dizemos assim umas piadas mas nem sempre somos tidos como engraçados.Hoje como estou com pouca vontade de trabalhar deu me para andar por aí a visitar uns blogs e a comentar. Podia dar me para pior, mas vim chatear vos a cabeça.