quarta-feira, fevereiro 22, 2006

"OS BLOGUES"

Quando tudo parecia não ter explicação, ainda bem que apareceu um artigo de opinião que traduz em linhas gerais o que penso sobre os blogues.
Num artigo do Diário Económico de hoje, Domingos Amaral (Director da Maxmen) com o texto O fundamentalista em nós, põe a nú os podres da Blogosfera. Citando o próprio: "Agora não há bicho careta que não tenha o seu bloguezinho.", e às vezes mais que um... É verdade nos tempos que correm quem não tem blog não tem status, "Está definitivamente na moda ter um 'blog', ou escrever num 'blog'(...)Como se o 'blog' se tratasse de uma praia nos confins do Brasil, hiperexclusiva, onde só os que verdadeiramente contam apanham sol!".
O fenómeno dos blogs é quase tão irritante como espectacular. Por um lado um meio de cultivar a lingua e educar as massas, por outro um meio de divulgação de opiniões estúpidas, sem sentido e dignas de serem recordadas como Pura Burrice.
Hoje em dia, quem não manda a sua opinião para o ar, criticando tudo e todos, sob a forma de post? Hoje, mais que nunca, é fácil falar... fazer é que parece que ninguém sabe! O que se pode dizer... desde Gil Vicente que o povo português tem esta veia crítica. É normal e de salutar. O que não se pode salutar é este comodismo que incomoda todas as pessoas, mas que todas as pessoas tendem a ter.
Cada vez mais se assiste nos blogs a uma intensificação dos insultos e a um progressivo aumento dos ataques pessoais e gratúitos! Servindo-se do relativo anonimato para dizer o que não se tem TOMATES de dizer cara-a-cara.
" Ser civilizado é apenas conter, dentro dos limites, os instintos mais primários e agressivos do ser humano, e isso inclui obviamente a escrita." O argumento da liberdade de expressão (art. 37º CRP) serve para justificar tudo, no entanto nada justifica o desmoronar sociedade dita evoluída...
_____________________________________________________
_____________________________________________________
" A 'Blogosfera' corre o risco de se transformar num mero campeonato de insultos e de pensamentos radicais, em que o vencedor é... o mais troglodita e o mais excitado"

11 comentários:

DJ disse...

Realmente, concordo com parte desta opinião. Os blogues são usados para muitos anónimos darem a sua opinião, e para outros também, sem tomates (tal como aqueles alguns primeiros), mandarem a sua bujarda.
Porém, ainda há aqueles que usam o blogue para "transcrever" aquilo que dizem na cara das pessoas, e há aqueles que publicam no blog aquilo que fazem ou pretendem fazer. Há sempre as excepções (como em tudo na vida).
A única coisa que censuro nos autores de blogues, é mandarem uma bujarda para o ar e depois pergunta-se-lhes "porquê?" e eles respondem "epá, porque sim", ou então "epá, porque não"; ou ainda o caso daqueles que falam, criticam e ofendem apenas pelo gostinho especial que sentem, mesmo não tendo motivos para o fazer. Não vou aqui questionar se os motivos são válidos ou não. Cada um tem os seus. O grave é quando fazem o que ainda agora indiquei, apenas por puro prazer ou vontade de atingir gratuitamente.
Um blog bem aproveitado, pode servir para muito! Muito mesmo!

O_PARVO disse...

Como o colega pode ler no meu post, eu estava criticando a febre dos blogues e o mau uso... não o bom uso!
Montanheiro! :P

O_PARVO disse...

Acima se transcreve um exemplo de ofensas gratuitas!!!

DJ disse...

lol no teu post também referes casos de boa utilização do blog! Tenho dito: "As opiniões são como as vaginas: cada um tem a sua e dá-a a quem e quando quer" lol

Pedro Malaquias disse...

as pessoas sem opiniões de jeito para dar também podem dar opiniões.. veja-se o exemplo desse sr.

O_PARVO disse...

Não sei se és o mais troglodita e o mais excitado, mas a critica não é dirigida a ti. É para o geral dos blogues...

Ega disse...

Dos blogues portugueses tenho a dizer: estão à medida dos portugueses. Cada um tem o que merece, e o nosso país tem os blogues que merece. Estão ao nível de tudo o resto...

EuMulher disse...

Que se passa aqui que so vêem as coisas na base dos insultos? já tenho percorrido vários blogues e não são todos iguais, cada um tem o seu propósito. Penso que alguns blogues deveriam realmente servir para se discutirem ideias, mas discutir de uma forma contrutiva. É uma forma de aprendizagem. Outros blogues expressam o que as pessoas sentem, não deixa de ser uma outra forma de aprendizagem porque acabamos por aprender o quanto as pessoas são diferentes umas das outras. Outros blogues ainda apostam em "chocar" as pessoas pela sua escrita e exposição de ideias.Outros apostam no humor que também é bom... no fundo cada cor seu paladar. Há que vermos aqueles que nos agradam mais.Mas tudo faz parte do Mundo em que vivemos. È bom conhecer a diversidade do ser humano. Ofensa gratuita é que já não acho muita piada e penso que não leva a lado nenhum!Também tenho um blogue e o que posso dizer em relaçao ao meu é que para mim é um desafio, porque sempre tive um certo receio em escrever e no fundo escrevo sobre a minha experiencia de vida, gosto de trocar ideias, porque para mim é uma forma de aprendizagem. Vejo com alguma pena que as pessoas que o visitam não se prendem muito em debate de ideias.Se aquilo que escrevo puder ser útil a alguém... fico feliz com isso! Também já fui alvo de ofensas gratuitas mas... acontece!Infelizmente a pessoa em questão quis me de certa forma "agredir" por motivos que não interessam, mas não teve nada a ver com o que escrevo. O problema não foi o meu blogue mas a minha pessoa.Não vejo que ter um blog seja adquirir um estatuto muito importante mas...cada um tem a sua opinião.Tambem não vejo que tenha de se ser muito especial para ter um blogue. Cada blogue atinge um "publico".Penso que é bom as pessoas cultivarem a criatividade e esforçarem-se, terem um objectivo...Esta é a minha opinião

O_PARVO disse...

Eu mulher concordo com tudo o que dizes, vejo que és uma mulher com maturidade e que tenta sempre ver o lado bom de tudo... mas muitas vezes as pessoas são más e não agem de acordo com os parâmetros sociais. De qualquer modo, como podeste ler no meu texto, eu critiquei aqueles que utilizam os blogues para atacar pessoas, que acham que escrever num blog é um status superior e que acima de tudo são pessoas de meras palavras (esses não são pensadores da sociedade, são parasitas da mesma) e não de acções!...

EuMulher disse...

Infelizmente ja estou como o outro: falam , falam, e não os vejo a fazer nada! O ataque é uma forma de defesa que as pessoas aprenderam a usar e diga se de passagem muito mal! Claro que sabemos que hoje em dia as pessoas não olham a meios para atingir os fins e gostam de se vangloriar à custa das fraquezas e males dos outros. Mas é sempre bom dar o exemplo e nao retroquir da mesma moeda... isso seria rebaixarmo nos demais e alimentar o ego de alguns.Às vezes costumo dizer que numa discussão acesa, quando se eleva o tom de voz, não há nada como baixarmos o nosso tom. Isso costuma desarmar as pessoas. Bom... posso considerar me que tenho um status superior... tenho um blog. Até já me sinto mais realizada a partir de hoje segundo o conceito de alguns, eh eh eh...

O_PARVO disse...

Como escrever também é fonte de mal-entendidos, não vou responder nesta sede ao anterior comment, não por não o considerar importante, mas por entender que não interpreta um texto da mesma forma que eu.
Volto a repetir para quem não entendeu...A opinião expressada no texto vai no sentido de criticar (volto a repetir: CRITICAR) aqueles que acham que é ter um status superior escrever em blogues, que acham que podem atacar tudo e todos sem qualquer restrições e que acima de tudo não são capazes de dar o primeiro passo... limitando-se a falar para o ar.