segunda-feira, fevereiro 20, 2006

É o que dar-se protagonismo a merdosos



"Mário Ribeiro, ex-concorrente da primeira edição do reality show «Big Brother», e outros dois indivíduos foram detidos pela Polícia Judiciária (PJ), na madrugada de sexta-feira, por suspeita de assaltos à mão armada.
Após terem sido ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, Mário e outro dos suspeitos ficaram em prisão preventiva e o terceiro suspeito saiu em liberdade, com a obrigação de se apresentar periodicamente às autoridades, noticiam o Jornal de Notícias e o Correio da Manhã.
O PortugalDiário confirmou que o suspeito está em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional do Porto.
Segundo os jornais, há vários meses que a PJ andava atrás dos três indivíduos, «já com antecedentes criminais e ligados ao mundo da diversão nocturna», segundo descreve o comunicado da Judiciária.
Os indivíduos foram detidos na casa da namorada de Mário, em Matosinhos. Na altura da detenção, a PJ apreendeu-lhes duas viaturas, chapas de matrículas falsas, uma arma, material informático, diversos artigos furtados e uma farda da PSP, que segundo justificação dos suspeitos seria usada para espectáculos de streap-tease.
De acordo com a PJ, os indivíduos estão indiciados pela prática de crime de roubo a um transporte de valores, a uma loja de material informático e a uma loja de conveniência, na Área Metropolitana do Porto.
Os roubos, entre dinheiro e material, terão rendido mais de 75mil euros.
Segundo o Jornal de Notícias, o ex-Big-Brother, de 24 anos, seria o cabecilha do grupo."


fonte: portugaldiário

1 comentário:

DJ disse...

Agora, lá porque tiveste 11 no exame de Processo Penal, já pensas que sabes o que é o TIC! :P