terça-feira, junho 21, 2005

Quando...

Quando a Esquerda tiver um Primeiro-Ministro, que em bicos de pés, aos saltinhos, e com o braço todo esticadinho, e com a unhaca do dedo mindinho consiga tocar nas palmas dos pés deste GRANDE HOMEM, então aí talvez, me possam vir falar mal dos da Direita. Mas posso citar outros grandes nomes da Direita: Cavaco Silva e Diogo Freitas do Amaral (antes de se tornar incapaz)

2 comentários:

PedroSilveira disse...

Não é com certeza por ser de esquerda (porque no que toca a estes assuntos temos que manter uma certa distância partidária e saber ser imparciais o suficiente para admirar as pessoas que o merecem,sejam de que partido for) mas acredito francamente que Francisco Sá carneiro,não lhe retirando o mérito (e grande) que teve por criar um partido como o PPD, foi "endeusado" pela sua morte.

Seria hoje,se vivo, uma figura?Com certeza.Seria um homem que todos respeitássemos e em quem víssemos o líder histórico que foi?Sem dúvidas.Mas acredito que não seria o que os militantes e simpatizantes do (agora) PSD fazem dele.A prova é que Balsemão teve tanta ou mais influência na criação do PPD e é um esquecido.Sá Carneiro era sim um líder nato,um político da linha da frente (não dos bastidores como Balsemão.Mas que mérito se deve retirar a este por isto??).

Sá Carneiro tornou-se um mito, um tipo de Dom Sebatião que as pessoas sabem que não voltará.E daqui parto para de certo modo criticar o teu comentário: tal como ele não voltará para vós para nós também não (voltará nenhum como ele,ou comparável como afirmas).A diferença está em que nós não o esperamos...sabemos apreciar um líder como Mário Soares ou Almeida Santos...mas não sabemos divinizá-lo!

PMAS

DJ disse...

Por acaso, e dentro desta linha, acho que a nível do PS, começou por ajudar um pouco as eleições europeias passadas, o falecimento do Sousa Franco. E acho que se ele ocupasse no Partido um posto mais... notável (ainda mais do que o que ocupava. Ele "per si", já era um notável a nível nacional), se calhar também os Socialistas o teriam num estandarte mais elevado. Mas isto, claro, é uma suposição! Sempre admirei o Sousa Franco e até como professor gostei dele. E ainda assim, dentro do próprio PS, e PCP, sei admirar algumas pessoas (Não... no Bloco não sei, sim, ok sou parcial no que toca a eles, mas é só neste tocante).