domingo, junho 05, 2005

"Bartunis"

Fico espantado por ver a forma como os portugueses, perante tantos alertas de mendicidade dos estrangeiros, que chegam a usar as crianças para ganhar dinheiro (sim, eu vejo-os diariamente em Lisboa), ainda não aprenderam, e o exemplo mais recente disso mesmo, é a forma como se deixaram iludir e sensibilizar com aquele puto Indonésio de nome Martunis.
Tudo bem que aquilo que aconteceu em Dezembro na Ásia, foi uma catástrofe, e um desastre e eu sensibilizo-me com isso, mas daí a dar rios de dinheiro e benefícios a uma família só porque vestia a camisola de Portugal... vai muito! Sensibilizo-me com o que aconteceu, até certo ponto. Até certo ponto, porque é uma tamanha hipocrisia, ouvir diariamente os sucessivos governos portugueses, dizerem que temos que apertar o cinto, e que aqui tudo vai mal, e que não há dinheiro, mas depois... inexplicavelmente, surgem milhões de euros para ajudar os estrangeiros! O gesto é muito bonito, e confesso que eu mesmo seria capaz de ajudar essas vítimas com toda a solidariedade do mundo... mas apenas se tiver dinheiro! Ora, se eu nem para comer tiver dinheiro, como é que vou doar rios de dinheiro a outros que precisam mais do que eu? Não posso! Não por falta de vontade! Mas porque é impossível! Se eu estou mal, não tenho como me ajudar a mim, quanto mais os outros! Como é que o Estado português consegue arranjar rios de dinheiro para os ajudar a eles? São pobres, ok... mas nós estamos aflitos, e daqui a nada, quase tão aflitos como Timor, Indonésia, Bangladesh, etc. Ainda assim, o nosso exemplo não me escandaliza tanto, se formos ver outros exemplos mais graves, a saber: Angola e Moçambique. Esses são uns desgraçados e só são mais ricos do que países como Etiópia e Sudão, e mesmo assim é ela por ela. Como é que estes 2 países (Angola e Moçambique) têm a lata de pedir perdão aos portugueses pela dívida (e os burros do governo perdoaram), e mal têm dinheiro para uma garrafa de meio litro de luso, e depois doam MILHÕES de EUROS (sim!!! Milhões literalmente!)?
Depois existe este caso do Martunis. Só porque o miúdo andava com uma camisola de Portugal (contrafaccionada... algo que é crime), vai receber terrenos, casa, móveis e 40 mil euros? Quantos já não morreram com a camisola de Portugal em campo? O guarda Ireneu, que morreu com a bandeira portuguesa, no campo de guerra, teve direito a uma miserável camisola "12" com o seu nome, e a míseros 12.400 euros da Federação Portuguesa de Futebol. E este puto, porque é puto, e é estrangeiro de um país pobretanas, tem direito a viagens, bens, dinheiro, tudo! Hipócritas! O puto faz disto um autêntico Bar aberto, onde chega aqui e se serve como bem quer e lhe apetece! O problema nem é dele ser esperto. É mais dos portugueses que continuam mais burros e estúpidos do que nunca, sobretudo aquele Gilberto Madaíl.
Mais uma vez o que observo é que compensa ser-se estrangeiro, coitadinho e ter alguma coisa relaccionada com Portugal, mais não seja, algo que derive de um facto ilícito e tipificado, como a contrafacção de camisolas da selecção! O pai do miúdo devia era estar preso, por colaborar com a contrafacção, não devia ser condecorado como está a ser! Realmente, o puto e a família, fazem disto um autêntico bar aberto e daí que o nome dele devia ser o Bartunis!
Estou solidário por eles perderem os seus bens, mas quer dizer... o miúdo agora, graças a Portugal, tem mais bens e posses do que mais de 80% dos portugueses, que nunca na vida chegarão a atingir o montante de 40 mil euros em rendimentos, quanto mais ter terrenos e mobílias e viagens de borla!
Voltando ao facto de compensar ser-se estrangeiro e coitadinho, neste país se o formos, o Estado dá-nos subsídios e casas a custo 0. Quando somos portugueses... temos que trabalhar que nem cães a vida toda, e se quisermos casa, temos que a comprar e endividar-nos por mais de 30 anos! Como é possível tratamento tão discriminatório para os que são da própria casa?!?!?!
Com um país assim, não admira que andemos na cauda da Europa!!! E do mundo!!!! Sei que os EUA não são exemplo, e muito menos os brasileiros, mas se pusermos os olhos neles, vemos que primeiro que nada, privilegiam e beneficiam os seus nacionais, e só depois os outros! É por isso que nos EUA muitos dizem de boca cheia "I LOVE AMERICA" e no Brasil se diz "EU SOU BRASILEIRO COM MUITO ORGULHO". Em Portugal? Dá-nos vontade de corar e de nos escondermos, por termos nascido num país que beneficia e privilegia os outros... e os nacionais... ou são amigos do amigo do primo do Presidente e do Primeiro-Ministro, ou são tratados abaixo de estrangeiro, ops... de cão! Não compensa ser-se português em Portugal! Tragam os estrangeirinhos coitadinhos, que eles dão tudo! É assim o burro português! Continuem a dar rios de dinheiro a um puto que já está a abusar com a figura de coitadinho que faz (é pior que o Zé Maria... mas o ridículo, é que as pessoas gostam), e tratem o Ireneu e outros como ele, que dão tudo pela Pátria (vide, por exemplo, os ex-Ultramarinos), como se fossem escumalha!
Ah... não vos vou dizer sequer para andarem por aí com camisolas da selecção, a ver quando vos acontece um infortúnio e vos dão rios de dinheiro também, como fizeram com o "Bartunis", porque se nós somos portugueses, já sabemos o que vamos receber: um "Lamento" e um cheque de 50 euros para ajudar a pagar as prestações das despesas médicas!

3 comentários:

O_Pombo disse...

Mas ainda duvidam que Portugal só é bom para passar férias? Para lutar pela vida, qualquer outro país civilizado é preferível, onde o mérito seja valorizado!

Pedro Malaquias disse...

Posso estar enganado, mas o dinheiro foi dado pela FPF, que tem dinheiro a mais até... EURO, final da UEFA, etc, td vai para lá...

DJ disse...

Sim, foi dado pela FPF... a mesma que deu 14.500 euros à Família do Ireneu, e não dá nada a milhares de gente que já morreu por aí em situações semelhantes!