terça-feira, maio 31, 2005

Música dedicada ao Diogo...





... a música da Pantera cor-de-rosa!

segunda-feira, maio 30, 2005

Música dedicada ao Alex...

"Down, Down, Down... pa pa pa ra ra"

domingo, maio 29, 2005

Orgulho Lusitado

Este texto não é meu e de facto que é contra a minha natureza fazer copy paste de outros sites mas pronto este texto esta Brilhante e tenho que o publicitar ... mas repito não fui eu que fiz apesar de concordar completamente subtraiu a:
http://dnp.blogs.sapo.pt/arquivo/379763.html

21 Razões para Odiar Espanhois:

1. A mania que eles têm de invadir-nos de 200 em 200 anos só para levarem nos cornos. Será masoquismo?!?

2. Tratado de Tordesilhas, em que eles ficaram com o ouro e a prata toda e nós com as mulatas e a caipirinha... pensando bem, o negócio até nem foi tão mal para nós porque, entretanto, o ouro e a prata acabaram-se.

3. As sevilhanas: que raio de gente com auto-estima se veste com vestidos às bolinhas tipo joaninha e saltita enquanto um parolo de cabelo oleoso geme como quem está com uma crise de hemorróidas?

4. Castilla la Macha, Estremadura e Andaluzia: todos eles desertos áridos e monótonos, mas sem camelos nem tipos de turbante para tirar fotos com os turistas.

5. O antigo costume espanhol de reclamarem para si terras às quais não têm direito (como Gilbraltar, Ceuta, Olivença - que é nossa! - e as Canárias).

6. Enrique Iglesias, y su magnifica verruga en la tromba.

7. A língua castelhana: esse prodígio da linguagem, em que seres humanos são capazes de emitir ruídos imitando perfeitamente o som de um cão a roer um osso.

8. Filipe I.
9. Filipe II.
10. Filipe III.

11. Os Seat, os piores automóveis que existem a oeste da Varsóvia. Boca chauvinista, a treinar diante do espelho: "Yo esborracho tu Seat Marbella com mi pujante UMM"!

12. A Guardía Civil, e a sua mania de arrear porrada em politicos portugueses na fronteira: mesmo que eles estivessem a pedi-las, nos nosso políticos somos nós quem "molha a sopa".

13. Badajoz, a segunda cidade mais feia do mundo, a seguir a Ayamonte.

14. Os nomes que ostentam: quer queiram, quer não, Pilar é nome de uma viga de betão e Mercedes é tudo menos nome de mulher!

15. A mania que têm de se afirmarem como uma nação unida quando três quintos da população tem um ódio de morte a Espanha.

16. El Córte Inglés. Até eles tiveram vergonha da sua criação, pelo que não lhe chamaram "El Córte Español", optando por atirar as culpas a outro povo, totalmente inocente.

17. Café espanhol: uma zurrapa intragável e, além disso, para se conseguir uma bica em Espanha, o cliente tem que especificar expressamente que a quer "sin leche". E, à cautela, convirá também pedir sem Sonasol, sem gelo, sem pêlos do peito do empregado.

18. A riquíssima culinária espanhola: paella de carne, paella de peixe, paella de gambas. Claro que galegos, bascos e catalães têm uma culinária riquíssima, mas esses não são espanhóis (ver ponto 15).

19. O hábito cínico de nos tratarem por "nuestros hermanos". Aí o português deve, com ênfase, esclarecer: "Xô, bastardo! Vai prá p*** que te pariu".

20. A televisão espanhola: 100% parola, e onde é considerado top de audiências um concurso em que a corrente, chamada Mercedes (vrumm! vrumm!), tem que dançar sevilhanas (arrghh!) com o Enrique Iglesias (vómitos!) para ganhar um Seat (keep it!) ou um T2 em Ayamonte (nãaaaaaaaao!).

21. Já imaginando a contra-argumentação que alguns tentarão contra esta minha lista, devo lembrar que os filmes do Canal 18 NÃO são feitos em Espanha, nem por espanhóis. Vejam o genérico. São americanos e dobrados em espanhol porque os espanhóis ficariam logo murchos se ouvissem as senhoras a gemer noutra língua que não a sua. Aliás, os espanhóis nunca foram muito dotados: sabiam que a DUREX comercializa em Portugal preservativos com uma média de 1 cm mais compridos do que aqueles que comercializa em Espanha?!? Agora, agradeçamos todos: "Obrigado D. Afonso Henriques, por nos teres separado dessa raça, para que hoje possamos dizer, com orgulho, eu sou português!





Ass. Militante Honorario do POUS

sábado, maio 28, 2005

Venho por este meio...

... Desejar boa sorte, paciência, calma, coragem,... para esta época que vem e que parece interminável!!!
Aqui a exilada está mergulhada em estudo porque vai apertar, apesar de Erasmus... Como conheço bem a FDL, para vocês será um trabalho ainda mais arduo...

quinta-feira, maio 26, 2005

Graffitis



A todos aqueles que confundem a arte do graffitti com rabiscos e riscos, fica aqui um exemplo de Arte. Não só por ser do Benfica... mas porque está mesmo bem feito, ao contrário de certos atentados visuais a que assistimos no nosso dia a dia.

O "Salto do título"




Foi este salto em altura que valeu ao Benfica o título.. CAMPEÃO NACIONAL!
E pronto... acabam-se os posts de futebol!

quarta-feira, maio 25, 2005

ALEXANDRE GUERREIRO: O FROUXO

... e eu sei porquê.

segunda-feira, maio 23, 2005

MACHALHÃO DA SEMANA

Alexandre Guerreiro. E porquê?

Primeiro pôs uam alentejana no seu devido lugar ao lhe ter dito, após esta ter tentado sacar-lhe duas borlas para a festa da cerveja, com a frase "É preciso bem mais que a tua simples amizade para eu te arranjar as borlas...".

Segundo, ao ter posto a sua assistente de Direito da Família em sentido com a frase "Isto é uma palhaçada, eu não tenho que saber as opiniões de todos os Professores, só tenho que dar a minha".

Terceiro, ao ter, mais uma vez, mandado calar algumas colegas de turma com o seu já conhecido "chiu, chiu, chiu"

Quarto, ao ter respondido de forma viemente e agressiva a um gay que o tentou adicionar no hi5.


Ainda bem que ainda existem pessoas como tu grande macho. Bem hajas!

Todos os pequenos clubes têm o direito a serem campeões...

... até mesmo o benfica.

quarta-feira, maio 18, 2005

Ricardo no Inter



Pois é Ricardo... descobriste a tua vocação!

Final da Taça UEFA

Sinceramente, prometi levar o cachecol do CSKA se o mesmo ganhasse, mas à última da hora pensei "coitados... são portugueses, só tinham esta taçarola... não levo". Mas, após ver o jogo e ver na RTP um adepto que diz "Benfica é merda" até parece que fomos nos que lhes ganhámos na final da UEFA. Enfim somos grandes demais, e a azia deles é tão, tão, mas tão grande, que me dá vontade de fazer o que o João Pereira fez ao Tello após o 1-0 de sábado passado: TOMA! Inchem! Bem feito! Os outros ganham-vos... o vosso guarda-redes volta a abrir a capoeira pela 2ª vez em 4 dias, e os benfiquistas é que pagam? Somos grandes! Somos enormes! E vocês não merecem NADA! Já estou como o Miguel diz: "Não posso torcer pelas equipas portuguesas nas competições europeias, porque se ganham, em vez de entoarem gritos com o nome do seu clube, e o saudarem, saúdam sempre "SLB SLB SLB FILHOS DA P*** SLB". Não sabem ganhar! E ninguém vê o Benfica, após as suas vitórias nacionais e internacionais, gritar algo como "FDP Sporting", ou "FDP Porto". Já os portistas e os sportinguistas, têm tanto desportivismo como o Almada tem a vitória na Superliga. Não sabem ganhar! Não sabem festejar! E como não o sabem fazer, começam com gritos como "FDP SLB". Bem feito! Perderam! Levaram nos cornos! E espero que levem muitos mais anos, até aprenderem a fazer cânticos para o vosso próprio clube e aprenderem a ganhar, em vez de falarem mal das mães dos outros! Que gozo que me deu, ver na RTP o Sporting levar 3-1 em casa de alguém que diziam ser uma equipazeca de 2ª categoria quando ganhou ao Benfica, e que só ganhou 2-0 ao Glorioso... e fora! Deu-me mais gozo ainda, ver na RTP, aquele adepto cheio de azia... ofender um clube que se prepara para ser campeão nacional no domingo. É lindo! E espero, sinceramente, que continuem com o vosso fracasso... e com este vosso brilhante curriculum de 2004/05 como sendo o clube que "quase" ganhou mais troféus: quase ganhou a Taça de Portugal, quase ganhou a SuperLiga, e quase ganhou a Taça UEFA! Meus caros, quando aprenderem a gostar do vosso clube e a deixarem os outros de lado, bem como as suas respectivas mães, e se lembrarem que estão a jogar contra adversários diferentes do Benfica (realmente somos uma pedra no vosso sapato, por sermos grandes), então aí sim, eu torço por vocês numa competição internacional, e serei capaz de torcer por vocês (como já torci) numa competição nacional, caso o Glorioso não a consiga ganhar.
Aprendam a ser grandes como o Glorioso. No nosso grande clube, ninguém entoa canções às vossas mães, nem mesmo quando jogamos contra vocês, e quando jogamos contra outros adversários puxamos única e exclusivamente pelo nosso clube, porque esse sim, é superior a todos os outros!

VIVA O BENFICA! VIVA O DESPORTIVISMO!

P.S.: Só gostava de dar os parabéns ao Ricardo, por mais uma vez ter aberto a capoeira. Uns jogadores abrem o livro e fazem maravilhas... o Ricardo abre a capoeira e faz maravilhas... para o adversário!

http://img272.echo.cx/img272/7050/r14553367648oo.jpg

Os números do derby... ainda!

10 - Número de jogadores com que o Sporting acabou o jogo.

84 - Número de minutos que o Benfica demorou para marcar o golo.

3 - Número de garrafas de água com gás que Rui Santos teve que beber para conseguir fazer o seu comentário na Sic Noticias.

5 - Número de minutos que a Sport Tv levou até actualizar o marcador no ecrã (AZIA?)

69 - Aquilo que Carolina Salgado estava a pensar fazer com o líder dos Super Dragões para festejar o empate do SLB.

2 - Número de núcleos sportinguistas que se pegaram no final do jogo, sem intervenção de benfiquistas.

376 - Número de Juve Leo's que levaram nos cornos da polícia.

segunda-feira, maio 16, 2005

Rugido Do Leão

Mal vi o estado lastimoso em que este blog esta depois de um simples jogo de futebol urge fazer um pequeno ponto de ordem, meninos ganhar e perder é desporto...... Muito bem perder com uma equipa que não sabe o que é uma bola custa eu sei mas não podemos ficar abatidos temos o apuramento para a liga dos campeões garantido e tambem temos gargalhadas garantidas quando o Benfica for, infelizmente, de vela para o ano na dita competição, porque uma equipa que joga como o benfica o faz muito provavelmente nem o terceiro lugar dos grupos consegue mas não vou falar de coisas felizes...... Vou antes dar como um o titulo deste post indicia um Grito um Rugido de leão para animar as hostes leoninas deste blog que estão a deixar-se dominar pelo Lampionismo Populista...... Muito bem o benfica ganhou um jogo marcou mais um golo ACONTECE mas ao contrario da equipa do Alto dos Moinhos o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL vai esta semana jogar e esperemos ganhar a Taça Uefa....... Custa não ficar com o campeonato quando somos claramente a equipa que melhor futebol joga em portugal custa muito eu sei mas vamos no entanto ficar no anais da historia do futebol europeu como Vencedores da taça UEFA de 2005 sei bem que esta Afirmação vai ser criticada e refutada por Lampiões cegos que nada mais vêem a frente que o vermelho da sua equipa não conseguem ver que um equipa portuguesa quando entra em campo num jogo internacional não veste as cores do seu clube apenas mas tambem as cores de Portugal..... Temos que nos Voltar a mobilizar meninos e meninas não podemos ficar tristes e abatidos quando podemos fazer historia temos de superar a tristeza e lutar por uma Alegria maior que qualquer outra deixar o benfica como unica equipa grande portuguesa que não ganha uma competição europeia a 50 anos e algo a fazer rapaziada e algo a conseguir para que ser penas uma das melhores de portugal quando se pode ser uma das melhores da Europa ...... Deixem os putos ter a sua pequena festa de campeão nacional eu perfiro ficar com o premio de Homem que é a Taça UEFA e para o ano fazer bonito na liga dos campeões ........ Se tivesse mos como presidente interino da liga um antigo candidato a presidente do nosso clube talves as coisas tivessem sido diferentes talves tivessem visto os penalties sobre o Lourenço no jogo SLB Belenenses e outras coisas se tivessemos um mina de ouro de baixo da estatua do leão talvez não tivessemos de contar os nossos tostoes para fazer uma equipa vencedora na europa e teriamos possivelmente mais plantel para as 2 competições ..... se não fossemos sensatos talves estourassemos dinheiro a torto e a direito porque haveria sempre um emigrante que ninguem ouviu falar que "por amor ao clube" pagaria as contas ....... Os "SE" não valem de nada apenas complicam com os nossos nervos .......

Numa nota mais pessoal ....... Sempre fui do Sporting Clube de Portugal o amor ao nosso clube não se escolhe arrebata-nos é algo que não conseguimos dominar e nos força a sorrir e a chorar por 11 marmanjos a correr atras de uma bola só porque vestem as cores do nosso clube...... Só conheci o sabor de ser campeao aos 18 anos e nunca nem por só dia deixei de torçer pelo meu Clube ..... confesso que ia mais vezes ao estadio antes de ser campeão do que desde "A grande seca" acabou. Isso é que nos torna diferentes mesmo nas desgraças e as roubalheiras e as derrotas e as humilhações nunca vi um Sportingista deitar fora o seu cartão de socio ou mudar para outro clube ....... Quantos benfiquistas poderam dizer o mesmo dos socios do seu clube........


1 .....9......0.......6 ............... foi o ano em que ele nasceu
1.......9......0....6.................. desde então foi um sonho meu


SPPPPPPOOOOORRRRTTTTIINNNNNGGGGG










Ass. ADEPTO INCONDICIONAL DO SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

domingo, maio 15, 2005

Imagens do derby!





A verdadeira imagem do derby... acompanhada de banda sonora em http://acapoeiradoricardo.pt.vu/

Estrangeirada...

Estava eu a ver o Reportv da Sporttv, cujo tema era o Campeonato Nacional de Futebol das Prisões, quando me apercebo de uma realidade da qual eu já tinha sensivelmente ideia, mas não de forma tão abusada: os indivíduos portugueses e de etnia branca que páram nas prisões contam-se pelos dedos de uma mão. A Sporttv filmou tudo lá por dentro da prisão, e só se vêem indivíduos africanos. De vez em quando lá surge um europeuzinho. Mas vi o Linhó e Sintra, demasiado escuro. É caso para ressuscitar a mítica frase criada há dois anos, mas desta feita para as prisões: "O cenário prisional está "negro". Isto em parte deixa-me deprimido, porque nós somos contribuintes, e andamos a pagar a estadia nas prisões de criminosos de origem africana, que vêm para Portugal achar que mandam e podem e fazem. E ainda os soltamos e deixamos ir lá para fora fazer das deles novamente. Ora, se esses tipos não estivessem em Portugal, não teríamos certamente um país muito melhor? Sem africanos de 3ª categoria, sem brasileiros, sem russos, etc... as nossas prisões teriam uma média de 1 prisioneiro por cada 10 selas. O dinheiro dos contribuintes seria aplicado e investido de outra forma, do que em tipos perdidos para a vida, e que vêm para Portugal fazer distúrbios e viver como querem, como se isto fosse mais um Estado de 3º mundo como o deles. Quiseram ser independentes, força! Sejam. Mas não venham para cá. Chegá ao cúmulo de se ouvir esses tipos dizerem cá em Portugal, a nós portugueses, "África é que é bom. Portugal não presta". Se não estão contentes, rua com eles daqui! A sua maioria só constrói bairros de lata e barracas e ainda preenchem as nossas prisões e desviam os nossos. Cada vez se vê mais miúdos portugueses a falarem crioulo e a andarem por aí à "dread", e a começarem a roubar, porque está na moda para eles roubar, porque roubar é do "se bem"! É inadmissível!
O absurdo passa também por esta situação: aqui na Costa existe uma data de barracas clandestinas, constrúidas... por africanos e brasileiros (quem mais faria disto?). Pois bem, a CM Almada não manda isto tudo abaixo, porque depois vê-se na obrigação de ter que lhes dar casa num edifício novo!!!!! E o pior, é que ainda que a CM o quisesse fazer, eles recusam!!!! Ora... eles estão ilegais cá, o que construíram é clandestino e ilegal, e eles ainda se acham com direitos? Comentários para quê? A trazerem estrangeiros, ao menos tragam de 1ª categoria, e deviam estar todos bem contadinhos!!! Número mínimo. Temos aqui gente a mais. Sobretudo gente de baixas categorias sociais. Políticas de imigração JÁ!!!!

Uma nota...

... de apreço para a Selecção Nacional de futebol de praia que, no Mundial da modalidade pela 1ª vez organizado pela FIFA, eliminou o Brasil (mega potência), e ainda por cima no Rio de Janeiro!! Só tinha acontecido isto uma vez, e numa Final. Em meias-finais jamais. Após várias organizações amadoras, quando o Mundial é organizado pela 1ª vez pela FIFA, Portugal corre o risco de se tornar o 1º Campeão do Mundo oficial hoje à tardinha, em Copacabana. O Brasil? Nem o Romário os salva. 3º/4º lugar com eles!!! ehehehehe

BENFICA

Ainda não venho fazer festas para o blog. Só a faço quando ganharmos definitivamente o campeonato. Não gosto de deitar os foguetes antes da festa. Mas, só vos venho pedir que tentem ser minimamente imparciais e justos e confessem, que o golo do Benfica ontem foi LIMPÍSSIMO! Não houve falta do Luisão! O homem saltou no mesmo espaço, não se atirou para cima do Guarda-redes. Na pequena área o GR é intocável, mas isto o que quer dizer? Que ninguém pode tocar nele. Mas isto não faz com que seja falta, quando se dá o inverso: o GR tocar em alguém. Quer dizer... agora de cada vez que o GR quer impedir um lance de perigo da equipa adversária, dá um toque no avançado que já lá estava estático, e marca-se falta? Não! A lei é inversa. A Lei diz que só é falta, quando alguém toca no GR, não o inverso. E nada de analogias ou interpretações extensivas. Aqui não há lacuna nenhuma! O Ricardo é que se atira ao Luisão para ganhar a bola - bola essa que o Ricardo até ganhou, mas largou para a cabeça do Luisão.
Antes desse golo, foi uma roubalheira incrível do Paraty na Luz, que estava a roubar o Benfica a olhos vistos, e já estava mesmo a roubar à descarada. O Benfica esteve 85 minutos a ser roubado, e após o golo LEGAL e VÁLIDO (é unânime), lá foi o Paraty imparcial... quando viu que nem a roubar conseguia prejudicar o Benfica!

sábado, maio 14, 2005

With a Little Help from my friends!

Já foi escolhida a música da festa benfiquista, parece que Cunha Leal foi contratado para cantar esta música na festa do título:

Oh, I get by with a little help from my friends
Those men in black, you know who they are
Mm, gonna try with a little help from my friends
Don't have the talent but I'll get by
With a little help from my friends

Would you believe in seeing this team
Hold the championship cup?
What do you see when they need three penalties
To win against a third division team?
I can't tell you but I know they made it

Refrão:

Oh, Benfica made it with a little help from their friends
Mm, they get first place with a little help from their friends
Mm,Mm, Mmm

Dá-se recompensa... ou não!

quinta-feira, maio 12, 2005

Does it worth it?

Estava eu com o meu pessoal no outro dia, a fazer as tretas do costume, quando surgem dois papeis a dizer "Ganhe 200€ participando com o seu namorado/a num programa televisivo". Viu-se logo o que era: aquele programa irritante da TVI, e que agora até entrou na moda na SIC e felizmente a RTP salva-se: felizmente ao menos essa Estação faz jus ao serviço público, e brinda-nos com coisas minimamente interessantes (por ex: a Isabel Figueira no Top+), poupando-nos a programas de ciumes e namorados/as encornados/as.
Só vi este programa 2x, e acredito que o único que ainda é minimamente verdadeiro, sem estar tudo programado, é o da SIC, e digo isto, porque eles param o programa mal a pessoa em questão consiga ir para o apartamento do "engatador", e dão uma desculpa da treta para levar a pessoa para lá, ou seja, nem sequer é por atracções, etc. Só por isso é que desconfio que o da SIC não é programado, como o da TVI é.
Vi o da TVI pela 1ª vez quando era o do Brasil ainda (sim, este país perito em cultura e em programas interessantes), e fiquei desconfiadissimo logo ali, não por ele encornar a outra com a maior das facilidades (com uma mulheraça daquelas raro era aquele que conseguia resistir), mas porque após a traição e a aparição em palco, passaram alguns dias, e eles confrontaram-se certamente, e além do mais, quem ia enfrentar a namorada começando a ofendê-la, e outras coisas demais que se viram na TV? O rapaz até fazia pose propositada para as câmaras, enquanto discutia com ela. Estava mais preocupado em conseguir uma boa pose para ser visto em casa, enquanto a ofendia, do que com outra coisa. A 2ª vez que vi este programa, para infortúnio meu, foi enquanto fazia zapping à noitinha, e passei por lá e ouvi a voz irritante daquele brasileiro que se olharmos para ele, de repente, faz lembrar aquele idiota e paneleiroide do Serginho. A voz irritante daquele brasileiro, só por isso, dá vontade de lhe dar um tiro. É o que dá querer colocar a voz. Tanto quer ter a voz de rádio, que de tanto que a tenta colocar, sai aquela coisa irritante. Meu amigo, não se esforce. Não vale a pena. Nesse 2º programa vi logo a diferença entre as novelas brasileiras e as tugas: o rapaz que supostamente ia ser encornado, não sabia representar, nem o suposto engatador, e vá lá que ao menos quem se safava era a engatada/traidora, também era só porque respondia ao engatador com "Sim... não..." e não passava muito disso. Das raras vezes que passou do "Sim/Não", deu para ver mais ainda que não passava de representação: então quem é que vai para uma entrevista de trabalho, e ao fim de 5 minutos de entrevista começa a dizer coisas como "o meu namorado não me liga... não me dá atenção... nunca está comigo", e quem é que acredita que vai ganhar 5.000€ fixos em telemarketing? Ainda que a tentassem apanhar, e ela não estivesse a representar, e estivesse ali mesmo sem saber para o que ia, oferecer 5.000€ fixos para fazer telemarketing... meus amigos, ao menos saibam mentir e representar!
Ao fim de 15/20 minutos mudei logo o programa, porque estava farto daquele brasileiro (eles cada vez são mais por cá, infelizmente), e daquelas representações abaixo do amador. Contactem o Cénico de Direito. Ao menos elas/eles sabem representar bem situações de engate, sexo, etc. Sempre dá um ar mais real. Também só representam assim, porque se calhar gostam... enfim, não falavamos disto! Este programa da TVI só corrobora em tudo, para que eu e muitas pessoas venhamos pedir o fim desta Estação de TV. Quando em 1991, permitiram a abertura e criação de mais 2 canais, o intuito era só um: não era haver concorrência entre as TV's, mas sim, os dois canais privados poderem brindar o público com mais variedades e serviços que fossem... de interesse público e que o Estado não nos conseguisse dar, até porque só tem 2 canais, e esses impedem de certa forma, poder dar-nos assim tanta variedade. Inicialmente até houve essa intenção, e conseguiram-na. Os novos canais tinham vontade e interesse em dar conteúdos novos e o público gostava. Exceptuando a TVI, que era vista como a RTP 2 dos privados, dado o pouco público que tinha. Porém, a partir de Setembro de 2000 a situação inverteu-se, com o surgimento do Big Brother. O Big Brother I explodiu com tudo, e até tinha algum interesse, eu próprio adorei e gostava. Mas, quando surgiu o Big Brother 2, lembrei-me logo daquele provérbio do Parmenides "Nunca devemos banhar-nos 2x nas águas do mesmo rio". E assim foi. Devia ter aparecido o Big Brother I, e quanto muito, só ao fim de alguns anos, surgir o Big Brother II, e por aí adiante. Ao menos, nesse tempo de intervalo, criava o bichinho e a saudade no público e ninguém chegaria ao ponto de enjoar e odiar este tipo de programas. Foram 4 Big Brothers, 2 Big Brothers Famosos e já vamos na 2ª Quinta das Celebridades. Rapazes: não acham que estão a exagerar um bocadinho? Já chega, não? Já paravam... PARA SEMPRE! Outra coisa que sempre me irritou neste tipo de programas, é reforçar a figura do coitadinho. Se no Big Brother I a figura de coitadinho do Zé Maria, foi feita de forma inocente, já que não se conhecia o impacto do programa, e ele teve destaque naturalmente e por si próprio, nos outros, sempre se tentava revelar a figura do infeliz, coitadinho, qual Calimero, qual Patinho Feio, para que as pessoas se sensibilizassem e apostassem neles para a vitória. E o mais estúpido, é que as pessoas realmente caiam na esparrela e davam o que a TVI queria. Ter pena de um padre, uma alentejana loira e burra todos dias, que nem falar sabe, ou de um ex-Boys Band só por terem levado umas palmadas em pequeninos quando apresentavam más notas aos pais... por amor de Deus! Poupem-nos! Agora a TVI até põe burros, meias mal cheirosas (o cúmulo a que isto chega), e avestruzes em palco.... Se repararem, qualquer um deles, tem qualquer coisa de grande e comprido... deve ser para entreter a Júlia Pinheiro. Teresa Guilherme e Júlia Pinheiro... ao estado degradante a que vocês chegaram! Quem vos via e quem vos vê. Eram tão profissionais, e agora ganham bastante dinheiro para fazerem algo mais pimba do que as actrizes porno fazem. São umas vendidas e perderam o mínimo de decência e qualidade que tinham. A Teresa devia ter-se ficado pelo Big Brother I, quando ainda era um programa de jeito. Até o Tino de Rans! Eu a pensar que era só o PS a ter caído na parvoíce de lhe dar algum relevo, e afinal a TVI também cai.
Voltando aos ponto do post: os brasileiros realmente são muito infelizes em cultura, começa no próprio Ministro, que tem a lata de vir a Portugal, sugerir que adaptemos o nosso dicionário ao linguajar e erros de português deles. E o pior, é que, segundo parece, vamos mudar 15% das nossas palavras por causa daqueles iletrados! Criaram as novelas, e criaram programas da treta. Eles bem queriam ter criado o futebol... mas os países do 3º mundo não criam essas coisas. A arte surge sempre dos inteligentes! Deviam ter-se ficado pela Gabriela e pela Escrava Isaura, e pronto. Não mexe mais, senão estraga. Nós tinhamos uma televisão tão boa... porquê dar tempo de antena à TVI? Porquê importar programas brasileiros? Eles que importem os nossos a ver se aprendem alguma coisa. A ver se aprendem a fazer programas que em vez de atraírem à fofoquice e ao conflito (parecem as velhas nos bairros de lata... é isso que querem fazer das mulheres tugas), possam atrair as pessoas a recrear-se e a sentir que aprendeu algo de novo com o programa que vê. Mesmo com comédia e com certos programas da treta, mas é possível fazer programas da treta apelativos, atractivos, e minimamente "de jeito"!
Já agora, qual é a necessidade de ir buscar um brasileiro irritante para fazer um programa daqueles? É assim tão difícil contratar um português? Ou o programa é tão baixo nível, que nenhum português aceita, e só mesmos os brasileiros (a história repete-se como em tudo) para fazer aquilo que em Portugal ninguém com decência aceita? Sim, cá em Portugal, até as meninas de rua, cada vez mais são brasileiras e as nossas começam a deixar as ruas, para enveredar por carreiras académicas e profissionais. Obrigado brasileiras, por tirarem as nossas senhoras da profissão que foi feita para vocês! A típica profissão de quem é preguiçoso e não consegue trabalhar e quer dinheiro fácil. Mesmo típico dos africanos e brasileiros. Enfim.
Em 1981 os Taxi cantavam o "TV WC", em que no refrão diziam algo como "Quem vê TV, sofre mais que no WC". Se isto foi há 24 anos atrás, o que cantariam eles agora? Deixo ao vosso critério.
Para terminar, dois pontos. O primeiro deles prende-se com o facto de saber se essas pessoas que são contratadas para fazer de traidores e traídos, se sentem compensadas com 200 euros. Estarem ali perante milhões de portugueses a serem supostamente traídos, sobretudo quando há gente que acredita piamente que aquilo é mesmo verdade! Vale a pena? Será que até por 2.000 euros compensaria irem para a TV fazerem figuras tristes dizendo "é por isso que ela anda estranha...", "controlo-a e apanho mensagens no telemóvel", "eu sabia que ela me traía"... COMPENSA?! Por amor de Deus! Não só pela vergonha nacional e que quando forem nas ruas as pessoas pensam logo "olha o cornudo que vai para a TV" e ainda que ele diga "é tudo pago para fazermos aquilo", as pessoas pensam "sim, sim, conta-me histórias"; mas ainda pelo carácter que acabam por demonstrar nesse tipo de programas. Só gente com muito pouco nível (ainda que com alguma instrução académica, mas sem nível psicológico) é que adere a esses programas. E gente com mais baixo nível ainda, vê e acredita. É por isso que só vi isso uma vez, e a 2ª que vi, foi para ver até que ponto os tugas representavam bem, tendo-me cansado ao fim de 20 minutos. Não papo grupos, nem me meto nesses programas que cada vez mais invadem os nossos ecrãs!
O 2º ponto com o qual vou terminar: Programas como o do Luís Goucha, Às 2 por 3 (Sim Slash eu sei que gostas de ver isto, mas sorry), Quinta das Celebridades, Traições etc, e criaturas do além como Cláudio Ramos, Serginho, aquele preto nojento e rabeta do Daniel Nascimento, Maya, Lili Caneças, e companhia... só não sei mais programas, porque simplesmente recuso-me a ver a SIC e a TVI por muita falta de interesse mesmo. Porquê dar tempo de antena a estes dois canais e a esta gente? A SIC só tem uma coisa boa: informação. É muuuuuuito bom mesmo! Já a TVI não tem rigorosamente NADA! Nem os jogos do Benfica! Sempre que dá lá um jogo, o Benfica empata ou perde! Nem para dar jogos, a TVI serve. Depois com aqueles números 707 XXX XXX, em vez de relatarem o jogo ficam a promover números de telefone... e lixam-se para o jogo. Minha querida RTP, ainda que com o Gabriel Alves, ao menos esse sempre se concentra no jogo e não em telefones!!!
Este país vai de mal a pior, e enquanto não pusermos um entrave nos estrangeiros e nas suas culturas (ou falta delas), e investirmos a nível nacional, cada vez vai cair mais o nível e interesse das coisas, e as pessoas perdem tempo a desinstruírem-se com programas degradantes e tristes! É assim a nossa TV!

domingo, maio 08, 2005



Até eles conseguem ser menos preconceituosos que algumas pessoas...

sábado, maio 07, 2005

Jorge Perestrelo

Venho dedicar um post àquele que imortalizou o VERDADEIRO relato desportivo, e imortalizou também algumas expressões como "O que é que é isso, ó meu?", "Ripa na Rapaqueca", entre outras. Ele é Jorge Perestrelo, o mais famoso relatador desportivo nacional, que faleceu hoje às 00:04 com 57 anos. Foi talvez o único a fazer de um relato desportivo uma verdadeira festa, num ambiente quase de café na esquina. Relatava como se estivesse a relatar lá para casa, para os amigos. Não digo que os outros que existam sejam maus, mas são demasiado formais. O Perestrelo era festa, e conseguia dar cor a algo que só se... escutava!
Eras lagarto, mas ao menos divertias-me a mim e aos outros milhões de benfiquistas, portistas, etc etc etc. Chegavas imensas vezes a ser tendencioso, mas o profissionalismo, à vontade, cor, festa e gírias empregadas... faziam esquecer isso!

RIP Jorge Perestrelo

sexta-feira, maio 06, 2005

De meninas inocentes a putas!

1996:
Era eu um jovem imberbe( já tinha barba cerrada nonetheless) liguei um dia a Mtv e vi uma colegial a bater o pé na carteira à espera do intervalo.Chamava-se Britney Spears. Era uma menina com um olhar doce e bem-comportado...aquele ar de menina da mamã, ar de tenho de estar em casa às 5 para estudar e ver a new wave e pensar como seria bom passear de mão dada com o rapaz da equipa de futebol americano. Vamos a partir de agora referirmo-nos a ela como a menina Nº1.
Passado uns meses aparece outra menina - Christina Aguilera- com roupas até larguinhas, ar de quem já dá beijinhos na boca ao namorado mas ainda n fode,pelo menos muito, talvez uns handjobs - aquela conversa de "You've got to rub the right way" não engana ninguém porque génios em garrafa não existem, até as miudas de 17 anos sabem isso.
Cantava umas músicas para filmes da Disney e tinha um ar também doce de menina querida e inocente. Vamos a partir de agora referirmo-nos a ela como a menina Nº2.

2000 e em diante:
A menina Nº1 começou a crescer e rapidamente começou a usar roupas mais atrevidotas e a cantar músicas como "eu sou uma escrava para ti" em que gemia de forma comprometedora mas continuava a afirmar a sua virgindade. As pessoas maldosas diziam que ela estava a simular um orgasmo ou a respiração durante um acto sexual mas eu achava sinceramente que era só falta de exercício vocal e físico que a levava a ofegar para cantar a música do princípio ao fim. Depois começou a dizer que já não era uma menina, que tinha crescido e não a deixavam viver e não sei que mais e eu aí comecei a desconfiar...mau, em que é q ficamos? és casta e inocente ou já andas a levar com ele? eu devia ter desconfiado mais cedo mas quando vi ela a roçar o cu em pilas de gajos em videoclips percebi tudo. Aquele primeiro videoclip de menina colegial era uma homenagem a essa grande saga cinematográfica que é "As aventuras de Kelly, a colegial", e depois daquele beijo à Madonna ficamos todos a saber que Britney não se esqueceu de homenagear aqueles episódios em que Kelly estuda afincamente com amigas, leia-se lambe gretas.
Agora é um modelo para todas as jovens dos 12 aos 17 anos que estão a aprender desde tenra idade a vestir-se, mexer-se e cantar que nem putas.
Em nome da Confederação do Macho Ibérico o nosso obrigado.

A menina nº2 começou a ficar cansada de cantar músicas para bandas sonoras de filmes para menores de 6 e pensou fazer uma mudança estratégica: agora vou só cantar músicas para bandas sonoras de filmes para maiores de 18! O que é que eu preciso? preciso de uns produtores novos e de deitar fora metade do meu guarda roupa e rasgar parte do restante. Ah, e vou pedir aquela colega sueca um cinto a dizer SEX.
A partir daí começamos a ver uma mudança drástica nas letras e videoclips de Christina, no entanto, a mensagem subliminar é sempre a mesma: Tenho cona é para usá-la, quero picha, any brothers in da house?

A questão é: o que leva estas meninas outrora inocentes a passar de meninas a putas?
É uma questão genética? É do champagne que os hotéis de luxo vendem?(esta última é bem plausível, basta olhar para a Paris Hilton, sublinhe-se Hilton.

Eu só sei que o mundo seria mais cinzento e punheta-free sem elas.

quinta-feira, maio 05, 2005

Preview

Muito bem meus meninos chegamos a maio estamos quase nos santos populares nos dias de calor avassalador e da matança do porco que é a nossa esperança em metodo A em dispensar cadeiras mas não falemos das grandes verdades universais. Hoje apetece me falar de direito sim de direito eu sei voçes estão a pensar este homem esta doente falar de direito mas isso não é possivel é contra os estatutos do blog para essas pessoas apenas digo TEMOS PENA esta a crescer a necessidade de tentar sistematizar uma doutrina que tem sido levantada de tempos a tempos sempre que se fala da viagem de finalistas ao Brasil. Sim voçes adivinharam é mesmo a primeira sistematização da Doutrina do Codigo Postal. Será que uma infidelidade no Brasil conta para efeitos de ruptura da vida conjugal em portugal. Vou-vos dar um tempinho para irem aos livros de familia para procurarem a doutrina do Pamplona e do Pereira Coelho............. Não existe...... Todos os autores tem medo de se pronunciar sobre este tema porque o acham demasiado polemico preferem defender coisas como o casamento gay e a adopção de crianças pelo Bibi e não tocam nas verdadeiras questões do nosso tempo como a relevancia da Infidelidade no estrangeiro.......Mas como esses autores estou colocado numa posição de duvida existencial como começar ???? depois de muito ponderar durante os ultimos 5 minutos pensei começar como todas as intervenções publicas de quem não tem nada de jeito para dizer vou fazer uma citação e aproveitar as palavras dos outros e talves ninguem note que não tenho ideias proprias. Segundo o filme Road Trip que é a primeira fonte de doutrinaria quanto a este tema deverá revelar para a qualificação de determinados actos de infidelidade o codigo postal nos quais foram praticados sim ..... parece bem .... não é logico e de bom senso e de acordo com a carta universa dos direitos do homem art 56 que se exija a um Macho Lusitano que se limite a Comer a sua Respectiva senhora quando esta num codigo postal diferente ou seja se a senhora estiver em lisboa um acto praticado no Porto não deverá contar para efeitos de violação nem o principio de respeito nem do de fidelidade já que esse deveres apenas são referentes um espaço territorial delimitado convem esclarecer que esta doutrina apenas é aplicavel aos deveres do macho já que a delimitação territorial do dever quanto as senhoras é o sistema solar. Defendo com que se deve fundir esta teoria com a apresentada por um Prof. de Direito da Familia Brasileiro que defende que a infidelidade esta na massa do sangue do macho sendo muito mais grave o mesmo acto quanto a Femea da especie pois implica uma atração sentimental ao contrario do Macho que apenas gosta de um bom falacio e se esta nas tintas para a menina o faz. Bem agora que acabei de usar as palavras dos meus ilustres colegas que defendem como eu a doutrina mais avançada nesta materia tenho que retirar dela os corolarios logicos que são : A saber
1- Qualquer acto praticado fora do pais não será um acto que viole qualquer tipo de dever ja que este cessa fora do espaço do Codigo postal não servindo para esses efeitos a nova terminação de 3 digitos dos CTT terá de ser um codigo postal totalmente diferente
2- um gajo só vive uma vez e se nos pomos a ser esquisitos nunca nos divertimos
3- quanto a oportunidade aparece macho que é macho Come
4- não a nada melhor que uma brasileira malhada e bronzeada que saiba fazer o pino ........... ups é melhor não irmos por aí

Questões muito mais interessantes se levantam quanto falamos de actos que podem na mente de algumas senhoras mal informadas sobre as novas actualizações do codigo das nações unidas para os Machos, ser qualificadas segundo o direito antigo como actos de infidelidade mas que no entanto não o são porque não reunirem os requisitos agora exigidos: a saber
1- condutas que não envolvam o toque não são traição pois para se constituir uma situação punivel com a ruptura é nessecario que exista uma acção de apreenção material das carnes da gaja boa que esta a dançar toda descascada para nós ........ uma pausa para um duche frio........ por isso meninas um Lap dançe não é uma traição os olhos não comem......... infelizmente
2- Como discutido acima condutas fora do espaço territorial delimitador do direito não constituiem traição, tendo eu ainda algumas duvidas quanto a actos violadores desta regra quando não seja cogniscivel pelo agente que este vai ser apanhado .......... acho que neste caso deverá ser aplicado a regra da boa fé em beneficio do agente porque ser apanhado por ser estupido ainda não crime e não deve por isso ser sancionado pelo direito nem mesmo pelo direito da familia.
3- Condutas praticadas por gajos que as meninas subtrairam a outras meninas ............ O QUE È QUE VOÇES ESTAVAM A ESPERA ???? 100 de perdão levam mas é esses chifres para casa vá vá vá vá.............
4- Condutas sob efeito de substancias ilicitas e licitas alteradoras do estado de consciencia mesmo que o agente se tenha auto colocado nessa condicão defendo a relevancia da incapacidade acidental auto colocada porque me apetece e que quem esta a escrever esta merda sou eu se não gostam vao ver o jacques cousteu ou o tintin ou o as 2 por 3 vá lá desamparem me a loja.......

Depois de tudo isto dito apenas quero deixa uma pequena mensagem aos que não contribuiram para esta teoria e que com ela discordam abertamente .......... telefonem para o Reinaldo .....












Ass. Militante Honorario do POUS
que não reune os requisitos para ser um Homem Notavel ah ja agora o Gandi não era de origens humildes e no entanto foi o homem mais notavel do seculo vinte todas as regras tem uma excepção é tudo uma questão de onde esta o Wally ?

domingo, maio 01, 2005

A origem de alguns homens notáveis

Muitos homens notáveis - notáveis pelo seu saber e pelos grandes serviços prestados à humanidade - eram de origem humilde:

Cristóvão Colombo era filho de um tecelão e, ele próprio, tecelão;
Cervantes era soldado raso e, depois, cobrador de impostos, cargos que não o impediram de mostrar o seu valor na imortal obra "D. Quixote de La Mancha";
Homero era filho de um humilde lavrador;
Molière era filho de um tapeceiro;
Franklin Roosevelt era tipógrafo e filho de um fabricante de sabão;
Shakespeare descendia de um madeireiro;
Napoleão Bonaparte pertencia a uma família obscura da Córsega e não passava de um sargento quando se casou com Josefina, filha de um abastado fazendeiro da Martinica;
Bolivar era farmacêutico;
Vasco da Gama era moleiro;
Edison vendeu jornais em criança;
Abraham Lincoln, que emancipou quatro milhões de escravos nos EUA, era lenhador;
Alexandre Guerreiro, era filho de empregada de limpeza e de electricista.