domingo, abril 03, 2005

Benfica!

A 1ª vez que vi um jogo do Benfica foi a 24 de Maio de 1987. E lembro-me bem desse dia. Afinal, fazia anos! Foi a festa do título do Benfica de 86/87 (sim, o ano em que o Benfica perdeu 7-1 com o Sporting com aqueles 4 golos do Manuel Fernandes), e foi contra... o Sporting. Só não fui antes, anos antes, porque era pequeno para entrar num Estádio. Segundo palavras do meu pai, era para ter ido em 1984 a um jogo, que nem sei contra quem era, mas à última da hora a minha mãe lá fez o choradinho para "não levar o miúdo pequenino para um Estádio". Ganhei a minha 1ª bandeira do Benfica em 1985. Uma bandeira enorme, que acho que a tenho ainda por cá. Ficou adiada a minha estreia para o dia dos meus anos. Estádio a abarrotar, e tive que ver o jogo junto aos ferros, com o meu pai espremidinho para me conseguir dar um espaço minimamente decente. Tenho fotografias desse dia. Tinha inclusive o chapéu que me compraram, a dizer "Benfica campeão Nacional 86/87". Entrar no Estádio e ver aquela gente toda, o Estádio a vir abaixo por cada golo que o Benfica marcou, se não estou em erro o Chiquinho Carlos (Benfica ganhou 2-1). Foi assim que nasceu verdadeiramente a mística do Benfica em mim. Começou antes, com aquela bandeira enorme que me tinham oferecido. Adquiriu solidez quando fui ao Estádio no dia dos meus anos, ver o Benfica campeão. A partir daí, demorou algum tempo a ir ver jogos do Benfica, mas recordo a 1ª vez que vi o Benfica perder (91/92 com o Porto 2-3), vi o Benfica para a Taça dos Clubes Campeões Europeus com o Barcelona e Sparta de Praga, vi outros mais jogos, mas destaco estes. Ouvia os jogos TODOS pela rádio (inclusive aquele maldito jogo em Aveiro, que arredou o Benfica do título, com o golo marcado por aquele brasileiro Dino). Eram épocas, em que só havia transmissão de 1 jogo de cada jornada por semana, e como tal, os grandes jogavam com grande frequência à tarde e ao domingo. Ainda se cumpria a tradição dos jogos ao domingo à tarde, com as romarias ao Estádio. Vi o Benfica campeão várias vezes, tendo a última das quais marcado por dois motivos: foi a última, era adolescente e as coisas nessas épocas marcam-nos muito, e fui ver bastantes jogos dessa época. A cada golo que o Benfica marcava na Luz, punha-se no Estádio a música que oiço neste momento, Pet Shop Boys - Go West, e a malta vibrava. Estava na moda, passarem esta música nos grandes Estádios Europeus, de cada vez que o clube da casa marcava golos. Depois aparvalharam a moda das músicas, colocando o Vermelho, Vermelhante, etc da Fafá. Estragou tudo, mas compreende-se! Fazia tudo na altura para ver jogos do Benfica, o Benfica jogava e jogava que se fartava! Mas devo aqui relevar um facto do campeonato de 93/94: o Sporting tinha uma equipa fantástica, nomeadamente o seu meio-campo. Não é qualquer equipa no MUNDO, que tinha jogadores como Figo, Paulo Sousa, Balakov, Cherbakov (até meio do campeonato), Peixe, Cadete (quando ainda jogava e marcava), Juskowiak (vice-campeão olímpico em 92) e dava-se ao luxo de ter no banco um jogador como o Capucho. Só referi o meio campo, e dois jogadores do ataque, porque o calcanhar de Aquiles daquela super-equipa era mesmo a defesa. Tinham ainda o Nelson, e o Sá Pinto jogava com 20 anos no Salgueiros, transferindo-se na época seguinte.
Eram épocas em que até dava prazer ver jogos do adversário. Nunca tive problemas em ver jogos do Sporting em Alvalade, porque estou seguríssimo que sempre serei benfiquista. Esta analogia é manhosa, mas há que a fazer, porque é verdadeira: podem por-me num meio cheio de gays, e eu estar lá, não digo na boa, mas no meu lugar quietinho, sem ter medo de nada. Sou heterosexual e tenho a certeza que o sou e serei. Não é por me meterem num meio de rotos, que eu agora também passaria a ser. Fui ver jogos do Sporting, mas muitos mais do Benfica.
A verdadeira mística do Benfica não acabou em 93/94 como muitos dizem, mas sim no fim de 94/95. Quando começou a época de 95/96, aí sim, começou o novo Benfica: o Benfica sem mística, e tem-se arrastado. Não pensem que por o Benfica estar com 6 pontos de avanço a 7 jornadas do fim, do campeonato deste ano, que a mística voltou. Não voltou ainda. Ainda não existem jogadores com qualidade de campeões, como se tinha antigamente. O Benfica antes tinha jogadores que tinham lugar em qualquer equipa do Mundo, e o Estádio enchia, as pessoas vibravam, quer o Benfica ficasse em 2º ou fosse campeão, e recordo o campeonato de 91/92 em que o Benfica acabou o campeonato com 15 pontos de atraso (altura em que as vitórias ainda davam 2 pontos), e mesmo assim era tudo a torcer pelo Benfica. Era Benfica no bem e no mal, até que a morte nos separasse. Hoje? Nem com o Benfica líder, os adeptos falam bem, quanto mais nos maus momentos. A mística acabou com o início de 95/96 e tem-se arrastado. Talvez uma vitória este ano, ajude a conquistar, aos poucos, a mística perdida. Mas se formos campeões este ano, não pensem que está tudo de regresso, porque não está! Falta muito.
Gostaria, em último lugar de relevar que: em 1º o jogador que mais me marcou e ainda hoje recordo com saudade, de tanto que vibrei com ele: Mats Ture Magnusson! Era brutal ver aquele tipo a jogar. Depois dele, só veio para Portugal um tão bom como ele, era o Magnusson Brasileiro: Jardel, e foi para o Porto. Magnusson fazia qualquer um vibrar, até mesmo os sportinguistas, e os portistas. Recordo e recordarei com eterna saudade, como se tivesse ido para outro lado, este jogador fantástico. Nunca mais se viu outro que se parecesse em Portugal. Em 2º e último lugar, gostava de referir que eu já vi o Benfica campeão. Desde pequeno que me habituei a ver. Parei na adolescência. Talvez agora volte. Muitos tiveram que esperar mais de 18 anos para verem o Sporting campeão. Eu desde pequeno vi o Benfica nos bons e maus momentos, e tenho arrastado essa mística comigo. É interior. Falo mal quando eles jogam mal, mas recuso-me a abdicar daquela instituição, que eu acompanhei sempre enquanto crescia, porque um jogador saiu, ou porque não se ganha nada há 10 anos. Acontece aos melhores, e eu vivi o Benfica, e lembro-me de outros campeonatos, sem ser só o de 93/94. Presenciei e vi outros anteriores.
Quem sabe, não é este ano que tudo começa a ascender novamente!

9 comentários:

Slash disse...

POis pois pois é bonito é !!! mas não esconde a verdade o SBL este ano não joga NADA e o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL è que vai ganhar o campeonato para o Benfica conseguir tirar ao Porto Grrrr esse record questionavel de 19 Anos sem ganhar nada........ pela nossa porte faremos tudo o que conseguir mos para vos ajudar...................



As Só eu seí porque é que sou militante honorario do POUS

DJ disse...

O Benfica não está a jogar grande coisa, mas o Sporting não está muito melhor. O Benfica ao menos é constante nos resultados, mesmo não jogando nada, mas o Sporting ora dá 4-0 e depois perde em casa por 3.

Slash disse...

Não me Forçes a falar do Beira Mar.......................
A nossa irregularidade deve-se ao facto de nós não termos medo jogar a bola e querermos dar espectatulo
Digam lá se no jogo do Bessa não viram uma equipa que dá cartas a jogar a equipa do Boavista foi toda para uma lista de espera para transplante renal.
Digam lá que não é verdade


Ass Só eu seí porque é que sou militante honorario do POUS

LM disse...

Mística é estar 18 anos sem ganhar nada e ter 30m adeptos de assistência média por época.
Mística é ter uma escola de futebol com boa formação humana e profissional.
Mística é ecletismo, é ganhar títulos em atletismo, hoquei, ciclismo, futebol, basquetebol, xadrez, malha, natação...
Mística é ser o CLUB com mais títulos a nível europeu...
Mistica é algo que hoje não existe no Benfica, mas é bom saber que o país vai andar mais animado.
Se não ganharem este ano com os outros tão fraquinhos, a próxima oportunidade não chega tão cedo.
PS: Luís Filipe Vieira é um presidente com mistica?

DJ disse...

Só faltam 7 finais!

P.S.: Máximo, desculpa, mas a mística do Sporting nunca se aproximou da do Benfica. Talvez a tenha tido nos anos 40 e 50, mas depois chegou um senhor chamado Eusébio que revolucionou isto tudo.

Slash disse...

Não me fales do Eusebio porque senão... terei que te dizer que ele ERA para ser contratado pelo Sporting porque jogava num clube satelite do SCP até ter sido ROUBADO pelo SLB até mesmo nessa altura tinhamos grandes escolas........ digam lá se não estão agradecidos


Só te digo isto o Sporting Clube portugal tem na sua secção de ateletismo e modalidades afins 2 medalhados nos ultimos Jogos olimpicos 1 Prata e 1 Bronze o benfica nem em matratilhos tem campeoes da europa como o Sporting nessa modalidade Mistica não é só Ganhar numa Modalidade como o Futebol mas ter uma mentalidade vencedora e ser temido como clube criador de Campeoes............



Ass: Militante Honorario do POUS

DJ disse...

Quanto ao Eusébio "Ah ele era para ser contratado" --> "Ia sendo, mas não fondo"!

2º ponto: Quantos campeões do MUNDO tem o Sporting, em Hóquei Patins? O que é que o Sporting faz no Volleybol e no Basquete?

Slash disse...

sabes quem foi antonio livramento sabes em que clube ganhou ganhou 7 campeonatos seguidos (ainda um record) ????? SCP



Ass: militante honorario do POUS

Pedro Malaquias disse...

No meu tempo... hoje em dia, com um futebol negócio, dúvido que a mística de que falas volte a aparecer... mas esperemos que sim... e que o glorioso seja campeão.

Malaquias aka Pepe